Saltar navegação. Ir directamente ao conteúdo principal

Está em:

  1. Inicio
  2. Site
  3. Artigo

Perfil do baby boomer português

O baby boomer português tem entre 63 e 43 anos e apesar de se preocupar com a sua reforma, apenas uma minoria declara pensar ou refletir sobre como será a sua vida depois de se reformar. Baseado nas conclusões da VII Sondagem do Instituto BBVA de Pensões – A Minha Pensão, apresentamos o retrato desta geração.

Tempo de leitura: 3 minutos

Partilhar

Imprimir
Perfil do baby boomer português

0 de um máximo de 5 estrelas

  • 5 0%
  • 4 0%
  • 3 0%
  • 2 0%
  • 1 0%

0 votos

198 visualizações

VII Sondagem Instituto BBVA de Pensões

Dezembro de 2020

1. Os baby boomers estão a trabalhar e ainda têm filhos em casa. Cada agregado familiar tem em média três pessoas. Têm uns rendimentos mensais de cerca de 1.500€

A maioria conta com casa própria e a média dos rendimentos do agregado familiar é de cerca de 1.500 € por mês. Cerca de 40% têm seguro de vida ou seguro de saúde.

2. Apenas quatro em cada dez conseguem poupar algum dinheiro por mês

Aqueles que poupam têm uma poupança média de 266 € por mês.

O destino principal do dinheiro é uma numa conta poupança, com o principal objetivo de fazer frente a emergências ou situações imprevistas.

3. Acreditam que faz sentido poupar para a velhice …

Mas apenas 17% tem um plano de pensões, sendo que estes o iniciaram em média há 17 anos.

Aproximadamente metade tem medo de ter problemas financeiros durante a velhice ou de não conseguir suportar com as despesas devido à perda de autonomia.

Apenas um em cada quatro sabe que existem produtos que permitem a utilização da casa própria para obterem rendimentos durante a velhice, mas a maioria considera que é uma opção interessante.

4. Os baby boomers gostariam de se reformar aos 61 anos

Os baby boomers gostariam de se reformar aos 61 anos, mas pensam que se reformarão aos 66.

5. A maioria gostaria de se reformar a templo completo

Interessam-se pela flexibilidade perante a reforma, tanto para se poderem reformar mais cedo, mesmo com o custo de perderem parte da pensão, como para continuarem a trabalhar quando atingirem essa idade.

Os baby boomers consideram que receberão uma pensão desde que se reformarem até ao final dos seus dias, durante uma média de 16 anos.

6. As principais aspirações da vida de reformado são…

As duas principais aspirações durante a vida do reformado são viajar e estar com a família.

O medo da perda de mobilidade é semelhante ao medo da perda de saúde mental, ao passo que a solidão os preocupa menos.

7. Se precisarem de assistência…

Se precisassem de assistência, a maioria escolheria permanecer em casa, preferencialmente sob os cuidados de profissionais. Apesar disso, a opção de cohousing é atrativa e não se importariam de experimentar este tipo de experiência.

8. Opiniões sobre o sistema de pensões

Vêm com bons olhos que cada pessoa tenha uma conta individual na segurança social para acumular contribuições e calcular a sua futura pensão, mas também se acredita que deve haver uma pensão mínima para viver sem dificuldades, independentemente das contribuições.

A maioria acredita que o governo irá garantir o poder de compra das pensões, reavaliando-as com o custo de vida, embora um em cada quatro entenda que a reavaliação será congelada se a segurança social atravessar uma situação económica.

Classificação do item

0 de um máximo de 5 estrelas

  • 5 0%
  • 4 0%
  • 3 0%
  • 2 0%
  • 1 0%

0 votos

198 visualizações

Subscrição do boletim informativo

Se gostou deste artigo, receba mais informação através da nossa newsletter

Recolhemos os seus dados pessoais (Nome / E-mail) com a finalidade de subscrição do serviço do Boletim/Newsletter, através do qual será informado sobre as novidades ou notícias de interesse sobre as atividades que realizamos.Os referidos dados serão incorporados num ficheiro sob a responsabilidade do BANCO BILBAO VIZCAYA ARGENTARIA, S.A. (doravante "BBVA").

Conservaremos os seus dados pessoais durante o período de vigência do serviço ou até que nos solicite o cancelamento do mesmo.

Quero subscrever a newsletter