Saltar navegação. Ir directamente ao conteúdo principal

A MINHA PENSÃO RESPONDE

Está em:

  1. Inicio
  2. Site
  3. Artigo

Como aplicar a psicologia financeira à poupança para a reforma

Muitas vezes, os aforradores e os investidores são influenciados pela sua psicologia e acabam por tomar decisões irracionais.

Tempo de leitura: 3 minutos

Partilhar

Imprimir
Como aplicar a psicologia financeira à poupança para a reforma

A psicologia do comportamento financeiro (Behavioural Finance) é um campo de estudo que analisa a influência das emoções e dos erros cognitivos no processo de decisão dos investidores.

Muitos aforradores e investidores baseiam as suas decisões na perceção que têm sobre o potencial imediato de determinados ativos, de acordo com prognósticos ou notícias que vão recebendo. Contudo, esta informação serve, muitas vezes, para distrair o investidor daquele que deveria ser o principal motivo do investimento: os indicadores fundamentais, ou seja, o balanço, a conta de resultados da empresa, projetos futuros, contexto do mercado e regulatório, etc.

E desta forma, as pessoas acabam por ser influenciadas por impulsos irracionais, alimentados pela própria psicologia do ser humano. Se nos deixamos guiar por estes, podemos cometer erros e perder oportunidades de investimento.

Alguns comportamentos irracionais

  • Ancoragem: confiar demasiado num dado ou notícia específicos para tomar decisões.
  • Tendência de confirmação: prestar atenção só à informação que apoia a nossa opinião e ignorar os pontos de vista contrários.
  • Excesso de otimismo: confiar demasiado nos nossos comportamentos ou capacidades, frequentemente devido a uma análise retrospetiva, o clássico “eu avisei…”
  • Gregarismo ou comportamento em manada: tendência para seguir o comportamento da maioria da comunidade investidora.

Estes padrões de comportamento podem provocar bolhas e colapsos em qualquer tipo de mercado, não apenas no bolsista, como aconteceu com o mercado imobiliário nos Estados Unidos e em alguns países europeus como Reino Unido, Espanha e Portugal.

Aprender a identificar estes comportamentos é muito útil para depois aplicá-los ao nosso comportamento e tomada de decisões na poupança para a reforma.  

Subscrição do boletim informativo

Se gostou deste artigo, receba mais informação através da nossa newsletter

Recolhemos os seus dados pessoais (Nome / E-mail) com a finalidade de subscrição do serviço do Boletim/Newsletter, através do qual será informado sobre as novidades ou notícias de interesse sobre as atividades que realizamos.Os referidos dados serão incorporados num ficheiro sob a responsabilidade do BANCO BILBAO VIZCAYA ARGENTARIA, S.A. (doravante "BBVA").

Conservaremos os seus dados pessoais durante o período de vigência do serviço ou até que nos solicite o cancelamento do mesmo.

Quero subscrever a newsletter

Deixe o seu comentário

Utilize o formulário abaixo para nos dar a sua opinião. O endereço de e-mail é necessário para entrar em contacto consigo.

Recogemos tus datos de carácter personal (Nombre/E-mail) con la finalidad de hacer uso del servicio de Comentarios, dejándonos tu opinión personal. Os referidos dados serão incorporados num ficheiro sob a responsabilidade do BANCO BILBAO VIZCAYA ARGENTARIA, S.A. (doravante "BBVA").

Conservaremos os seus dados pessoais durante o período de vigência do serviço ou até que nos solicite o cancelamento do mesmo.

Comentários

Carregando...

Ainda não há comentários