Saltar navegação. Ir directamente ao conteúdo principal

Partilhar

  • Youtube
  • RSS

ES

Instituto BBVA de Pensões

Está em:

  1. Inicio
  2. Site
  3. Artigo

Aprenda a ser "formiga" e a poupar para ter uma pensão melhor

Ser consistente na forma de poupar é uma das chaves, juntamente com o tempo e o valor investido, para acumular o capital suficiente para a reforma. A poupança periódica faz com que seja menor o valor necessário para atingir o objectivo final e garante também uma maior estabilidade dos investimentos.
Aprenda a ser "formiga" e a poupar para ter uma pensão melhor

21 de Janeiro de 2014 | 00:00

 

A poupança periódica, ou seja, a poupança constante ao longo do tempo, é uma das estratégias para construir o capital necessário e poder viver confortavelmente na altura da reforma. O período de tempo durante o qual se poupa (Por que deve começar a poupar o quanto antes?), a quantidade de dinheiro acumulado e a rentabilidade dos investimentos são outros factores que determinam o sucesso da poupança.

A poupança periódica é importante, em primeiro lugar, porque ajuda a acumular uma maior quantidade de capital, porque faz com que seja necessário um valor menor para chegar a um objectivo final e porque permite usar o tempo a favor de quem poupa - bem como o efeito positivo da capitalização, que permite um crescimento geométrico do capital que vai sendo acumulado. O tempo é um óptimo aliado da poupança porque pode ajudar a reduzir os seus custos e pode também diminuir o valor a poupar necessário para obter um rendimento futuro. A passagem do tempo facilita o acto de poupar para o futuro, tal como a poupança efectuada de forma constante, pois quanto mais tempo se dispuser e quanto mais constante for a poupança, menor será o valor que será preciso poupar para conseguir o objectivo final.

"Não importa se um investimento é pequeno. Poupar periodicamente a longo prazo pode dar lugar a uma quantia considerável", explica uma gestora de activos internacional. A forma mais cómoda de poupar periodicamente é escolher, em primeiro lugar, a quantia que se deseja poupar ou investir e programar transferências automáticas de forma mensal ou anual. Desta forma, o esforço realizado será menor, pois uma vez em marcha, irá notar-se menos que esse valor sai do rendimento mensal. Além disso, pode alterar-se o valor da contribuição, a periodicidade, os produtos aos quais se destina o valor e até suspendê-la. Alimentar a poupança ou os investimentos aos poucos pode dar lugar a surpresas positivas daí a alguns anos e, além disso, permite obter melhores resultados no momento de investir nos mercados financeiros.

Estabilidade nos investimentos

Deste modo, face às oscilações do mercado, com esta estratégia consegue atenuar o efeito das mudanças do mercado sobre o valor dos seus investimentos. “Diversificando o tempo de entrada minimiza-se o impacto da volatilidade do mercado a curto prazo”, dizem os especialistas. Por isso, em última análise, investir periodicamente faz com que os investimentos sejam mais estáveis. Além disso, ainda que ao início a poupança seja pequena, à medida que os anos vão passando e a situação laboral melhora, provavelmente aumenta a disponibilidade para investir mais mensalmente. O que dará um forte impulso ao investimento ou à poupança acumulada.

 

Se gostou deste artigo, receba mais informação através da nossa newsletter

Quero subscrever a newsletter

0 Comentários

Utilize o formulário abaixo para nos dar a sua opinião. O endereço de e-mail é necessário para entrar em contacto consigo.