Saltar navegação. Ir directamente ao conteúdo principal

A MINHA PENSÃO RESPONDE

Está em:

  1. Inicio
  2. Site
  3. Artigo

O futuro das pensões espanholas

Análise de Javier Díaz-Giménez sobre o futuro das pensões espanholas revendo a sustentabilidade e o futuro das pensões. A transformação demográfica tornou insustentável o sistema de repartição vigente até 2010, augurando novas reformas.

Tempo de leitura: 3 minutos

Partilhar

Imprimir
O futuro das pensões espanholas

A análise do Professor Díaz-Giménez põe em relevo que o sistema de pensões em Espanha vigente em 2010 era completamente insustentável, uma vez que os problemas de sustentabilidade das pensões em Espanha eram, então, estruturais.

DOCUMENTO COMPLETO: O futuro das pensões espanholas (PDF 0,8 Mb)

Isto sucede, segundo a sua opinião, porque os défices do sistema de pensões se devem ao aumento dos custos do sistema, e esses aumentos têm muito pouco a ver com a recessão de 2008. Os custos do sistema de pensões aumentam por três razões: porque a longevidade aumenta, porque o número de trabalhadores que se reforma em cada ano aumenta e porque a educação dos trabalhadores aumenta.

Para conseguir uma melhoria na sustentabilidade das pensões públicas teria de se reduzir consideravelmente o valor da pensão média.

Díaz-Giménez termina chegando à conclusão de que"as Reformas de 2013 do Sistema de Pensões espanhol e a aplicação do Fator de Equidade Intergeracional e do Índice de Revalorização das pensões resolverão os problemas de sustentabilidade das pensões de espanholas no curto e médio prazo, mas são insuficientes para torná-las sustentáveis no longo prazo. Os nossos resultados avisam-nos que as pensões espanholas voltarão a ser alvo de reformas no futuro."

Subscrição do Boletim do Fórum de Especialistas

O Fórum de Especialistas do Instituto BBVA de Pensões publica mensalmente um Boletim, com as novidades mais relevantes em matéria de pensões e reforma. Subscreva o Boletim

Subscreva e receba agora o Boletim do Fórum de Especialistas

Motor de Busca do Fórum de especialistas

Data de publicação

Deixe o seu comentário

Utilize o formulário abaixo para nos dar a sua opinião. O endereço de e-mail é necessário para entrar em contacto consigo.

Condições de subscrição do serviço do Boletim/Newsletter

Os dados de natureza pessoal (Nome/e-mail) solicitados, serão tratados em conformidade com a Lei de Proteção de Dados Pessoais e utilizados exclusivamente com a finalidade de subscrição do serviço do Boletim/Newsletter, através do qual o utilizador autoriza o envio de notícias e novidades de interesse sobre as matérias cobertas pelo website.

Os referidos dados pessoais serão incorporados num ficheiro da responsabilidade do Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (Portugal), S. A., que garantirá a sua correta utilização e a sua confidencialidade e salvaguarda, nos termos previstos na Lei n.º 67/98, de 26 de Outubro (Lei de Proteção de Dados).

Política de protecção de dados

Em cumprimento do disposto na Lei n.º 67/98, de 26 de Outubro (Lei de Protecção de Dados Pessoais), que estabelece o direito de informação dos titulares dos dados pessoais, informamos que os dados pessoais fornecidos serão incorporados num ficheiro informático, sob responsabilidade do Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (Portugal), S. A., que garantirá a sua confidencialidade e segurança, com a finalidade exclusiva de subscrições da newsletter “A minha pensão”, através do website http://www.aminhapensao.pt

Poderá alterar ou suprimir o seu consentimento a qualquer momento, sem efeitos retroactivos, mediante comunicação por escrito para a direcção de correio electrónico que figura no final da presente nota.

Poderá exercer o seu direito de acesso, rectificação, cancelamento ou oposição ao tratamento dos seus dados pessoais nos termos estabelecidos na lei, através de contacto escrito com o Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (Portugal), S. A., enquanto responsável pelo tratamento, através do endereço Av. Liberdade 222, 1250-148 Lisboa ou ainda usando o endereço de correio electrónico aminhapensao.pt@bbva.com.

Comentários

Carregando...

Ainda não há comentários