Saltar navegação. Ir directamente ao conteúdo principal

Está em:

  1. Inicio
  2. Site
  3. Artigos

Entradas do site

Artigos

Busca por otros términos

  • A longevidade e o “greyny boom”

    A longevidade e o “greyny boom”

    07 Janeiro 2019

    Cai o maná e (quase) ninguém parece dar-se conta: demografia (e pensões) tal como José Antonio Herce vê e conta aos seus amigos.

    3 min

  • Viver cada vez mais anos: quais são as consequências?

    Viver cada vez mais anos: quais são as consequências?

    07 Janeiro 2019

    Populações mais envelhecidas que irão viver mais anos: esse é o futuro. Pode ser sintoma de uma melhoria na qualidade de vida, mas também pressupõe um desafio para fazer face à reforma: é necessário gerar riqueza suficiente para viver durante mais tempo.

    3 min

  • Sondagem 2014: Principais conclusões

    Sondagem 2014: Principais conclusões

    07 Janeiro 2019

    O Instituto BBVA de Pensões realizou em Setembro a 2ª Sondagem sobre as pensões e os hábitos de poupança em Portugal. Esta sondagem revela a evolução das atitudes em relação à poupança, à informação, ao conhecimento e às expectativas sobre as pensões.

    3 min

  • Os pilares da poupança privada: para um sistema misto?

    Os pilares da poupança privada: para um sistema misto?

    07 Janeiro 2019

    Os pilares da poupança privada são complementares, normalmente voluntários, de gestão privada e baseiam-se num sistema de capitalização.

    3 min

  • O efeito das pausas contributivas na formação das pensões

    O efeito das pausas contributivas na formação das pensões

    07 Janeiro 2019

    Quais as consequências das pausas contributivas por desemprego, doença, paternidade, etc, na aquisição de direitos em matéria de reforma e consequentemente para as pensões de reforma que se iniciarão no futuro?

    3 min

  • O perfil de risco na poupança para a reforma

    O perfil de risco na poupança para a reforma

    07 Janeiro 2019

    A poupança para a reforma é um processo de longo curso, pelo que convém dar-lhe início o quanto antes. Mas a sua implementação não é igual em todas as fases da nossa vida.

    3 min