Saltar navegação. Ir directamente ao conteúdo principal

Está em:

  1. Inicio
  2. Site
  3. Artigos

Entradas do site

Artigos

Busca por otros términos

  • VII Sondagem do Instituto BBVA de Pensões: A preparação da reforma da geração do“baby boom” em Portugal

    VII Sondagem do Instituto BBVA de Pensões: A preparação da reforma da geração do“baby boom” em Portugal

    09 Dezembro 2020

    48% dos portugueses da geração do ‘baby boom’, nascidos entre 1957 e 1977, não creem que os seus rendimentos lhes permitam viver sem dificuldades durante a sua velhice. É o que se conclui da VII Sondagem sobre a poupança em Portugal em relação à reforma, elaborada pelo Instituto BBVA de Pensões – A Minha Pensão. Segundo este inquérito, quatro em cada cinco pessoas entrevistadas consideram que faz sentido poupar para a reforma.

    4 min

  • Perfil do baby boomer português

    Perfil do baby boomer português

    09 Dezembro 2020

    O baby boomer português tem entre 63 e 43 anos e apesar de se preocupar com a sua reforma, apenas uma minoria declara pensar ou refletir sobre como será a sua vida depois de se reformar. Baseado nas conclusões da VII Sondagem do Instituto BBVA de Pensões – A Minha Pensão, apresentamos o retrato desta geração.

    3 min

  • Fórum de Especialistas

    Fórum de Especialistas

    23 Setembro 2019

    3 min

  • Conferência “Longevidade e os Desafios da Poupança Após a Reforma” - 23 de maio de 2019 das 9:00 às 12:00

    Conferência “Longevidade e os Desafios da Poupança Após a Reforma” - 23 de maio de 2019 das 9:00 às 12:00

    10 Maio 2019

    O Instituto BBVA de Pensões gostaria de contar com a sua presença na conferência “Longevidade e os Desafios da Poupança Após a Reforma” que decorrerá no dia 23 de maio na Fundação Calouste Gulbenkian.

    2 min

  • Como ter uma família e planear a poupança para a reforma

    Como ter uma família e planear a poupança para a reforma

    07 Janeiro 2019

    As diferentes fases da vida implicam custos diferentes. A partir do momento em que existe uma família para sustentar, é preciso equilibrar as despesas imediatas com a poupança que será necessária para o futuro.

    3 min

  • A maioria dos portugueses que poupa fá-lo sem objetivo específico

    A maioria dos portugueses que poupa fá-lo sem objetivo específico

    07 Janeiro 2019

    A idade média em que se começa a poupar situa-se, atualmente, nos 29 anos – um número que diminuiu relativamente à média de 33 anos registada em 2013. Tal poderá dever-se a uma certa “aprendizagem forçada” e a uma tomada de consciência dos constrangimentos económicos que o país tem atravessado. Curiosamente, a maioria dos portugueses que poupa fá-lo sem uma finalidade específica.

    3 min

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. Seguinte